Quem sou eu

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
PATCHWORK e CÃES de RUA me encantam. O primeiro porque faz com que exercite meu lado criativo, o segundo pelo carinho incontestável que me oferecem sem exigência nenhuma. Sou grata a Deus por ser visível aos CÃES DE RUA. Meu lema:"FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM" contato @ criscrepaldi1953@gmail.com

Arquivo do blog

sábado, 30 de julho de 2011

FUXICOS BEM FEITOS

Num daqueles dias onde me encontrava sem vontade para acabar um patch começado e sem coragem para iniciar um novo trabalho, estando com uma necessidade louca de relaxar, resolvi fazer um FUXICO.
Nunca fui adepta deles. Sempre os achei sem graça e todos que até então tinha visto, eram mal-acabados.
Pois acabei fazendo e gostando.
Segue então minha maneira simples de como fazê-los com bom acabamento.
Nesse pap usei linha contrastante de propósito.
A linha ideal é a de quilt à mão, ela é encerada e podemos encontrá-las em cores variadas, mas para quem não tem acesso, use uma de carretel número 20 ou 30 ( a de empinar pipa ). É muito importante que a linha seja resistente.
É REGRA BÁSICA PARA QUALQUER MODELO DE FUXICO: O PESPONTO LARGO DEIXA O CENTRO DELE BEM FECHADO. O PESPONTO PEQUENO DEIXA O CENTRO MAIS ABERTO.
1 - Comece fazendo o pesponto pelo lado do direito do tecido, deixando uma pequena barrinha pelo avesso.
Os pontos devem ser feitos o mais próximo possível da borda.
2 - Procure manter a mesma medida de virada de tecido no lado do avesso:

3 - Faça os pespontos na volta toda e então termine onde você começou:
4 - Veja que a volta toda foi feita em um ponto, um espaço. NÃO PODE ACABAR, NEM EM 2 PONTOS E NEM EM 2 ESPAÇOS. Só assim as preguinhas ficarão perfeitas. Como deve ficar a frente:
5 - Avesso:
6 - Feche, franzindo a volta toda:
7 - As pregas já se encontram uniformes. Vamos melhorar. Para isso, passe a agulha por entre todas as pregas, fazendo uma volta completa:

8 - Aí está, dê nozinhos por dentro e arremate:
Agora é só mudar as formas, cores e fazer um lindo arranjo.
Note que mesmo nas confecções das peças mais simples, uma boa técnica faz a diferença.

Bom trabalho!


quarta-feira, 20 de julho de 2011

COMO COSTURAR O VIÉS E FAZER A VIRADA DE 90°

Esta postagem serve para lhe ajudar de forma simples, como aplicar viés no tecido, fazendo um ângulo de 90º. Usa-se para fazer acabamentos em panos de prato, fraldinhas de bebê e coisas do genero. Trabalhos em  patchwork como paineis, toalhas, etc.. que requerem um acabamento mais delicado, o processo de aplicação de viés é outro, que postarei futuramente.
Usarei para demonstração o viés industrializado, porém se quiser confeccionar o seu num tecido de sua preferência, a forma é a mesma.
1 - Dobre o viés ao meio e vinque com ferro quente.
2 - Coloque a parte onde será costurado o viés, bem rente na linha que define o meio dele.

3 - Onde o trabalho faz o ângulo de 90º, dobre o viés conforme foto. Veja que o tecido fica exatamente alinhado ao centro do viés.
4 - Dobre novamente o viés:
5 - Pelo lado do avesso proceda da mesma maneira.

6 - Volte seu olhar para as fotos e note que na dobra do lado da frente do tecido, o viés se encontra com o vinco virado para sua direita. No lado do avesso do tecido, esse vinco se encontra virado do seu lado esquerdo.
Isto se justifica para que no momento da costura, os dentes da máquina não levante o viés e o deixe "embolado" por baixo.
7 - A costura deve ser feita ( para quem possuir ) em zigue-zague. E esse zigue-zague deve ser costurado no centro do viés. Assim você terá certeza que os dois lados estarão costurados.
8 - Nunca passe a costura, pegando, parte do viés, parte do tecido.
9 - Como ficará a frente:
10 - Como ficará o avesso:
Abraços.