Quem sou eu

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
PATCHWORK e CÃES de RUA me encantam. O primeiro porque faz com que exercite meu lado criativo, o segundo pelo carinho incontestável que me oferecem sem exigência nenhuma. Sou grata a Deus por ser visível aos CÃES DE RUA. Meu lema:"FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM" contato @ criscrepaldi1953@gmail.com

Arquivo do blog

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

DICAS PARA USO DAS CORES EM SEU PATCH

COMPOSIÇÃO DE CORES
INTRODUÇÃO


Antes de começar a falar sobre cores quero agradecer pela oportunidade de poder partilhar um pouco de meu conhecimento nessa área, tentando facilitar o momento mais importante da execução de seu trabalho em “patch”.
O estudo das cores é muito complexo e embora coloquemos as cores do arco-íris como base, não podemos esquecer que a mescla dessas cores são muito abrangentes.
As cores são elementos fundamentais em qualquer trabalho artístico, independente da área em que são aplicadas.
No patchwork que será a base de minha aplicação, elas fazem toda a diferença. Conseguimos atravez delas transmitir exatamente o que queremos que seja apreciado em nosso projeto, seja vivacidade, alegria, grandeza ou então palidez, tristeza, monotonia, também o novo e o antigo.
Muitas pessoas possuem dificuldade em compor as cores para expressar em seu trabalho exatamente o que deseja, por falta de opção de tecidos ou mesmo por desconhecimento.
Tentarei levar até você algumas informações adquiridas durante meus estudos nos cursos de artes, decoração e desenho publicitário. O patchwork veio para minha vida como uma forma de poder aplicar esse conhecimento e tem sido muito prazeroso.
Quero também esclarecer que nada do que for descrito abaixo deve implicar numa imposição ou regra. Como estarei abordando gostos e estes são pessoais, quero deixar claro que não pretendo mudá-los, mas tentar fazer com que você consiga ter um melhor resultado em seus projetos, tendo coerência no momento da escolha das cores.

TABELA DE REFERÊNCIA
Conhecendo um pouco sobre as cores e seus matizes
BRANCO: luz (consegue-se unindo todas as cores).
PRETO: ausência de luz (representa sombra).
Cores PRIMÁRIAS: puras (cores que não podem ser decompostas).
AMARELO, VERMELHO, AZUL.

Cores SECUNDÁRIAS: (união de duas cores primárias).
VERDE, LARANJA, ROXO.

Cores TERCIÁRIAS (união de uma cor primária e uma secundária): MARRON, VERDE LIMÃO, AZUL TURQUEZA, ROSA SALMÃO, etc...

Cores COMPLEMENTARES seria dizer à grosso modo que são cores opostas, na escala de cores:
LARANJA é complementar do AZUL. 

ROXO é complementar do AMARELO.

VERDE é complementar do VERMELHO (para cada cor existe uma outra (cor oposta) que se caracteriza como sua complementar).
Cores ANÁLOGAS: são as que se encontram lado-a-lado na escala.

AZUL – VERDE / VERDE - AMARELO

AMARELO – LARANJA / LARANJA - VERMELHO

VERMELHO – ROXO /ROXO – AZUL.



Cores Neutras: CINZA E MARRON ( em diferentes nuanças ).

PROJETOS USANDO UMA ÚNICA COR:
Uma técnica do patchwork em que uma única cor é utilizada e que dá muita beleza ao trabalho é a do redwork.. Para que seu projeto fique mais atraente o segredo consiste em misturar estampas graúdas ou miúdas mas sempre em que o vermelho esteja na mesma tonalidade em conjunto com o branco ( ausência de cor ). Evite a mistura de estampas em que o vermelho esteja mesclado com tom bege ou cru pois dará ao trabalho noção de envelhecido. Se a idéia é branco e vermelho, não altere. Se optar por estampa em que o vermelho esteja com bege ou cru, evite colocar o branco.
Para se realizar um trabalho com ar requintado escolha uma única cor.
Fundo liso, de preferência branco ou neutro e uma única cor para a composição dos riscos. Nela pode-se até aplicar tonalidades mais claras ou mais escuras mas evite misturar tons diferentes desta mesma cor.
Uma boa sugestão é utilizar o azul. O azul cobalto é uma ótima opção se colocar como pano de fundo um bege claro.
Se você optar pelo preto ( ausência de cor ) e branco ( luz ), faça detalhes sutís usando o vermelho. Use um vivo ou viés fininho, você verá como o trabalho ficará realçado de maneira elegante.

USANDO DUAS CORES:
Para se fazer uma composição usando duas cores você poderá optar pelas cores COMPLEMENTARES ou ANÁLOGAS.
Se preferir um trabalho de contraste e que tenha cores vibrantes use as complementares ou análogas com as cores base em sua forma pura.
Para projetos com menos intensidade, opte por uma das cores pura e a outra ( complementar ou análoga ) num tom um pouco mais claro.
Se preferir um projeto em tons mais suaves, opte pelas duas cores mais pálidas.
Sugestão para projetos com duas cores:

VERDE com ROSA ou LARANJA


AZUL com AMARELO ou LARANJA

LILÁS com AMARELO

CINZA com ROSA

BRANCO com PRETO


Exemplificando duas possibilidades usando 2 cores complementares, trocando apenas a cor do fundo da aplicação:

Na escolha de duas cores para seu projeto tenha muita atenção ao uso do VERDE e AMARELO - essas cores são indicadas para compor trabalhos que visam civismo. Não se esqueça que são cores que representam nossa bandeira.

E também alerta ao uso das cores VERMELHO com ROXO. São cores que nem sempre fazem uma boa composição. Dependendo do ambiente em que o projeto será utilizado, dará um ar de vulgaridade. A não ser que a estampa do tecido escolhido como base, esteja bem equilibrada com outros tons ou mesclados com outras cores.
USANDO TRES OU MAIS CORES
Alguns fabricantes colocam na OURELA de seus tecidos as cores que foram usadas para estampá-lo. Essa seria uma boa opção para ajudar na melhor escolha de um projeto, porém não são todos fabricantes que trabalham com essa referência e nem sempre compramos uma metragem suficiente para conseguir esta tabela. O que posso sugerir nesse caso é usar como base para sua escolha a própria estampa. Verifique as cores estabelecidas e siga as mesmas como referência, podendo usá-las em tons mais claros ou mais escuros.
Exemplificando:

Embora não seja errado, porque é impossível se discutir gosto, o que ocorre com muita frequência é usar tons diferentes de uma mesma cor num mesmo projeto. Seu trabalho pode perder o “brilho” em função disto. Este probleminha pode ser solucionado tomando um pouco mais de cuidado no momento da escolha das cores.
Se você ainda não tiver domínio na composição evite o seguinte: na estampa tem VERDE MUSGO, você não deverá substituí-lo por VERDE BANDEIRA. Se na estampa predomina um AZUL COBALTO, evite trocá-lo por AZUL TURQUEZA e assim sucessivamente com todas as outras cores.
A mistura de tonalidades diferentes de uma mesma cor só deverá ser usada se estes tons também fizerem parte da composição do tecido escolhido.
Como existem inúmeras tonalidades neste universo das cores, tenha muita cautela no momento de seu uso.

CORES EM DIFERENTES PROJETOS
Os projetos country pedem tons específicos. Existe uma tabela simples para se chegar a um bom resultado:

Cor referência                 Cor Substituta

Branco                             bege (cru)
Amarelo                           mostarda
Azul                                  marinho ou cobalto
Vermelho                          bordô
Verde                               musgo ou petroleo


preto                                marron em diversas tonalidades

Praticamente são essas cores que são usadas, sempre lembrando que as cores não podem ser puras. A idéia é de que essas cores foram alteradas pelo tempo, que fiquem com aparência de envelhecidas.
Para quartos de crianças as cores vivas são mais indicadas para as maiores e adolescentes que expressam naturalmente alegria e vigor, nos casos de bebês os tons pastéis deixam o ambiente mais aconchegante. Não se esqueça que os recém-nascidos precisam de cores que transmitam tranquilidade. Os tons aquarelados são ideais.
Para projetos clássicos de Natal sabemos que as cores tradicionais são o VERDE, VERMELHO auxiliados pelo PRETO e BRANCO.
Ou usando vermelho com dourado:

Se você optar pelo projeto de natal country, aplique a regra citada acima.
Por fim uma dica para uso das cores de linhas nas aplicações com caseados. Usar tons mais escuros ou mais claros para realçar a estampa resulta num melhor acabamento. O preto (ausência de cor) só deve ser usado quando o trabalho for country, para fazer olhos ou detalhes que precise de um realce maior.
Boa sorte.
Excelentes trabalhos.

7 comentários:

  1. Maravilhoso seu blog! Quanta coisa bonita, delicada! Parabéns!
    Estou lhe seguindo.
    conheça meu blog que é muito simples, mais nele coloco tudo que gosto e que faço.
    Esarei sempre por aqui, pois quero ver sempre suas novidades.
    Bjks.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Edna pelo carinho, desculpe a demora em responder, mas só agora me deparei com seu depo.
    Beijinhos especiais e venha sempre que quiser. As portas estarão sempre abertas.

    ResponderExcluir
  3. Olá, muito bom teu blog, gostei das dicas de cores, como faço para termos contato? pode me mandar um e-mail?cocteau71@hotmail.com
    No aguardo..
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    amei a sua dica de cores, tomei a liberdade de copia-lo para pregar em meu caderno de patch, suas dicas foram priciosas.
    abraços

    ResponderExcluir
  5. Ola Cristina,parabens teus trabalhos sao o MAXIMO.Estou gatinhando neste quesito,mas sonho em chegar la,como tu .Sou auto didata .Nao tenho curso de nada.Se quizeres ver meus trabalhos e me dar notas eu aceito.Entra no Flickr.com, procura por Maos-com-arteByAnamarialudwig.fica com Deus e que ele proteja sempre estas maos de fada.Bjs

    ResponderExcluir
  6. sabe., vi no sabado, sua aula no atelie na tv., fui ao seu blog., feliz descoberta., fazer curso de combinaçao estou quase disistindo do patch., mas vou tentar mais uma vez. grata. sonia

    ResponderExcluir
  7. Oi cristina! Parabens, seu blog é lindo!
    Estouapaixonada por patchwork. Mas nem sei fazer nada, estou na fase de namorar as peças. logo vou tentar fazer algo! Vc dá cursos, aulas? Como posso fazer??

    ResponderExcluir